Todo LIXO tem seu lado BON

Um dos valores da Bonetti AgroNutri, ao lado de ética, qualidade dos produtos e serviços, segurança do trabalho e trabalho em equipe, é “responsabilidade social e ambiental”. E foi com esse valor em mente que, em 2009, a empresa criou o Programa LixoBon.

Através da adoção de uma gerência coletiva e colaborativa, o programa se enraizou na cultura corporativa da Bonetti AgroNutri. Tanto que, desde 2010, a Prefeitura Municipal de Francisco Beltrão não mais recolhe os resíduos provenientes da empresa.

O LixoBon consiste na separação, armazenamento e destinação correta de todo resíduo gerado pela Bonetti AgroNutri, na manutenção da estrutura necessária e na conscientização dos colaboradores e da comunidade.

E os colaboradores da empresa são incentivados a contribuir com programa não somente nas dependências da empresa, mas também nas suas próprias residências: separando os resíduos gerados, processando os resíduos orgânicos em composteiras domésticas e, até mesmo, encaminhando os resíduos não-orgânicos para a Bonetti AgroNutri.

 

Mas… COMO?!

 

lixobon

1. Classificação

Os resíduos são classificados em: orgânicos (das instalações sanitárias e das copas), recicláveis (como papel e papelão), não recicláveis, eletrônicos e veiculares (pneus e derivados e óleos lubrificantes). E recebem tratamentos diferenciados.

2. Destinação

Os resíduos orgânicos são ou incinerados (das instalações sanitárias) ou degradados (das copas) degradados nas composteiras internas e externas. O adubo resultante é, então, empregado na horta e jardins da empresa e das casas dos colaboradores que o requisitarem.

Os resíduos recicláveis, não recicláveis e eletrônicos são armazenados e coletados pela Associação dos Catadores de Papel de Francisco Beltrão, pelo Sabiá Ecológico Transportes de Lixo e pela IGS Informática, respectivamente.

E os resíduos veiculares são armazenados e coletados diretamente nas empresas parceiras: AC Pneus e Mecânica e Auto Peças Beltrão, parceira do Sabiá Ecológico Transportes de Lixo e da Nortoil Lubrificantes.

3. Reaproveitamento e Compensação

A empresa conta com um sistema de reaproveitamento da água da chuva que abastece as caixas de descarga dos vasos sanitários e as torneiras de lavagem dos pisos. E ainda compensa, através do plantio anual de mudas de árvores nativas, as emissões provenientes da queima tanto dos resíduos orgânicos quanto dos combustíveis fosseis dos veículos da empresa.

Observa-se que o óleo de cozinha usado, fornecido pelos colaboradores, são utilizados para a produção de sabão de álcool nas próprias dependências da empresa. E que é vendido a preço de custo para os próprios colaboradores.

 

sabão de álcool

Receita de Sabão de Álcool

1. Dilua 1 kg de soda em 4 l de água a temperatura ambiente em um recipiente de plástico com um utensílio de madeira de cabo longo e reserve;
2. Aqueça 4 l de óleo de cozinha usado e 2 kg de sebo até uma temperatura que permita o toque;
3. Coe a gordura com uma toalha fina e despeje, cuidadosamente, na mistura de soda e água e mexa bem;
4. Despeje 4 l de álcool de posto aos poucos na mistura e, caso ocorra efervescência, despeje água a temperatura ambiente, mexendo ininterruptamente por 15 a 20 min ou até formar fio;
5. Despeje no recipiente desejado e deixe descansar por um dia para manuseá-lo.

 

selo clima paraná

Selo Clima Paraná

Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos
Governo do Estado do Paraná

A Bonetti AgroNutri participa do Selo CLIMA PARANÁ, que promove o acompanhamento e a redução das emissões de gases de efeito estufa, da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado do Paraná.

 

Fazemos a nossa parte para a construção de um mundo melhor!